Cabe recurso à decisão em primeiro grau

30/11/2018 17:08

Dois ex-prefeitos de Lauro Müller e quatro advogados foram condenados em primeira instância por supostas irregularidades quanto à forma de contratação e a prestação de serviços de assessoria jurídica no município. As licitações e os contratos firmados entre março de 2005 e dezembro de 2010 foram suspensos.

Além do pagamento de multa, os condenados tiveram os direitos políticos suspensos por cinco anos e foram proibidos de contratar com o poder público ou receber benefícios fiscais por períodos entre cinco e dez anos. As multas são salgadas. Somente a uma das advogadas condenadas foi imposta uma multa de quase um milhão. Somando, as multas chegam perto de R$ 2,5 milhões.

Cabe recurso à decisão em primeiro grau, proferida na quinta-feira, dia 22, pelo juiz Luiz Carlos Vailati Júnior.

Enviando Comentário Fechar :/