Em reunião da Executiva Estadual hoje, líderes do partido definiram por não orientar oficialmente filiados quanto a votação na segunda etapa eleitoral

09/10/2018 18:05

O MDB de Santa Catarina, presidido pelo deputado federal Mauro Mariani, decidiu hoje, por unanimidade, liberar os filiados para a votação do segundo turno.

  Sendo assim, não haverá uma orientação oficial sobre apoio e os militantes estão livres para tomar posição. 

 A decisão ocorreu durante reunião da Executiva Estadual, com a participação do governador Eduardo Pinho Moreira, do senador Dário Berger e dos deputados. 

 Mariani, que agradeceu o engajamento da militância,  destacou que MDB mantém sua força no Estado. 

 "Apesar do tsunami que afetou a eleição, o MDB catarinense mantém o maior desempenho nacional. Continuamos com a maior bancada estadual, conseguimos manter nossa participação na Bancada Federal e tivemos participação importante na eleição de Jorginho Mello ao Senado", destacou ele. "Assim, o MDB, como sempre, irá votar com responsabilidade e comprometido com uma Santa Catarina melhor", acrescentou Mariani, destacando que agora o foco é a eleição municipal.  

 O governador Eduardo Pinho Moreira também destacou a força da sigla, que mantém sua representatividade. "Já tivemos grandes vitórias e derrotas. Faz parte. E o MDB superou e seguiu trabalhando por uma Santa Catarina mais próspera".

 Na mesma linha, o senador Dário Berger ressaltou que, apesar do momento político, o MDB continua sendo a maior força política do Estado. "Nossa militância foi para as ruas. Foi uma campanha bonita e tínhamos o melhor candidato. Mas agora é olhar pra frente. O MDB de Santa Catarina é diferente, feito de gente responsável e que irá votar comprometido com o bem do Estado", frisou o senador.

(Com informações  e foto da Assessoria de Imprensa/MDB/SC)

Enviando Comentário Fechar :/