Chamou atenção no release distribuído ontem pela assessoria de imprensa do candidato ao Governo pelo PSL, Comadante Moisés, o destaque ao currículo, enfatizando a formação dele em direito mestre em direito e professor universitário.

24/10/2018 05:47

Chamou atenção no release distribuído ontem pela assessoria de imprensa do candidato ao Governo pelo PSL, Comadante Moisés, o destaque ao currículo, enfatizando a formação dele em direito mestre em direito e professor universitário. "Ingressou na Polícia Militar aos 19 anos, foi tenente, capitão, major, tenente-coronel e, hoje, coronel da reserva", diz um trecho da nota.

A "falta de preparo" de Moisés para comandar o Estado é a principal abordagem de seu adversário, o candidato ao Governo pelo PSD, Gelson Merísio e o destaque para a trajetória de Moisés soou como contra-ataque às acusações que são enftizadas no Programa eleitoral e em todos os debates até agora realizados.

O contra-ataque é sinal que a estratégia de Merísio provocou mudanças no cenário nos últimos dias. Todos os indicativos são pela vitória do Comandante Moisés, mas o candidato do PSD já demonstrou que não desiste fácil e vai continuar até o último minuto trabalhando para reverter o quadro.

Os ânimos acirrados ao fim da campanha eleitoral, onde a onda Bolsonaro atropelou muitos e permitiu a outros que sequer conhecem uma prancha de surf exibirem-se num "cut back" ou mesmo em um " aéreo", desenha-se cenário curioso: a repetição no segundo turno de uma eleição pelo número, o que justifica também a briga em Santa Catarina, entre Merísio e Moisés pela "marca" Bolsonaro.

Com foto de Guilherme Hahn

 

Enviando Comentário Fechar :/