25/04/2017 20:52

A partir de quinta-feira o sistema que possibilita entre outos serviços  a emissão de notas, folha de pagamento, compras, tributação e licitações na gestão pública municipal será desativado e por conseqüência todos os serviços paralisados. Isso acontece em razão de o contrato com a Betha Sistemas se encerrar a meia noite de amanhã. Não houve licitação e a empresa Betha, reponsável pelo serviço desde 2013 declara-se ilegalmente impedida para continuar, como explica em nota oficial emitida há pouco. No texto, cita-se também a situação so sistema utilizado no setor saúde e educação em Criciúma, fora do ar há cerca de dez dias. Nova licitação foi realizada após o término do contrato, mas a expectativa é que meses de trabalho sejam necessários para a instalação de novo sistema, da empresa vencedora. O sistema possibilita o agendamento de consultas, prontuário eletrônico de pacientes e dispnesa de medicamentos. 

Confira na íntegra a nota oficial da Betha Sistemas:

Enviando Comentário Fechar :/