04/11/2016 14:03

Na entrevista que concedeu há pouco ao site, o prefeito eleito de Urussanga, Luiz Gustavo Cancelier, do PP, confirmou que em sua gestão vai extinguir a Secretaria de Ação Social. O setor funcionará como uma diretoria provalemente vinculada a secretaria de Educação. A intenção é o enxugamento da máquina e ele prevê trabalhar com quatro ou cinco secretarias. A transição começa oficialmente em Urussanga na próxima semana e os últimos detalhes foram acertados em reunião nesta manhã. Serão cinco representantes do atual governo, sob o comando de Jhonny Felippe, do PMDB e cinco do futuro, sob o comando de Cancelier. A entrevista completa na coluna do Diário de Notícias de amanhã.

Enviando Comentário Fechar :/