Prefeito de Criciúma em contato com o site, diz que estava " entre amigos" e por isso aceitou colocar o adesivo do comandante Moisés, do PSL. Afirma que ainda não tem posição quanto ao segundo turno em Santa Catarina

20/10/2018 20:37

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, do PSDB, em contato com o site há pouco negou que tenha admitido apoio ao candidato do PSL ao Governo, Comandante Moisés ao deixar-se fotografar com o adesivo com os nomes de Bolsonaro e Moisés em festa hoje em Nova Veneza.

 "Lá era uma festa de amigos e não um evento político. Me pediram para colocra o adesivo e eu não seria deselegante e negar. Já coloquei inclusive o adesivo do "55"(Gelson Merísio), em outras ocasiões", amenizou.

 O prefeito garantiu que ainda não tem posicionamento quanto as eleições de segundo turno em Santa Catarina.

 Há nos bastidores a informação que líderes de partidos que estão na coligação de Gelson Merísio, candidato do PSD ao Governo, e que estiveram ontem com Salvaro, reagiram a informação de que ele estaria apoiando Moisés.

Enviando Comentário Fechar :/