Prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro recebeu a informação hoje do secretário Estadual da Fazenda, Paulo Eli, que a compensação de R$ 3,7 milhões pela construção do Case fica para a próxima administração

05/11/2018 20:44

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, do PSDB, reafirmou que não libera o Alvará de funcionamento do Case, Centro de Atendimento Sócio Educativo, se não houver a assinatura de convênio na ordem de R$ 3,7 milhões para obras de infraestrutura.

O valor seria a compensação pela construção do Case mas na reunião nesta tarde com o Secretário da fazenda, Paulo Eli, Salvaro e os vereadores Ademir Honorato, do MDB e Geovana Zanette, do PSDB,  receberam um balde de água fria.

Eli disse que não há condições de assinatura de qualquer convênio e que isso ficará para o próximo governo definir.

O prefeito entrou em contato com o Comadante Moisés, governador eleito e que está concentrado na transição, e foi recebido por ele, que prometeu estudar o caso. Novos contatos devem acontecer nesta semana.

Enviando Comentário Fechar :/