O ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral, negou pedido de suspensão das postagens de apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro nas redes sociais, do candidato ao governo pelo PSD, Gelson Merisio.

20/10/2018 13:20

O ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral, confirmou decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina e negou pedido de suspensão das postagens de apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro nas redes sociais, do candidato ao governo pelo PSD, Gelson Merisio.

 Merísio  manifestou apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro já no primeiro turno e segue na mesma linha. O adversário de Merísio, Comandante Moisés, é do PSL, mesmo partido de Bolsonaro e entrou com pedido para a retirada das postagens de Merísio com Bolsonaro.

 Em sua decisão, Mussi, que é corregedor-geral da Justiça Eleitoral, diz:

 “Como afirmam os próprios autores da cautelar, a propaganda em tese irregular consiste em postagem veiculada por Gelson Merísio em sua página na rede social facebook, com sua fotografia e a de Jair Bolsonaro, contendo a frase ‘melhor para SC’, acompanhada dos respectivos números de campanha. Em juízo perfunctório, entendo que a referida publicidade, tal como realizada, não contém afirmação sabidamente inverídica, visto que se limita a consignar que aquelas seriam as melhores candidaturas para os cargos de Governador de Santa Catarina e de Presidente da República (...).”

Enviando Comentário Fechar :/