Jair Alexandre, do PSC e Júlio Kaminski, do PSDB, solicitaram informações através de requerimento

06/11/2018 09:15

Vereador Pastor Jair Alexandre, do PSC, que levantou na Câmara o assunto da proibição de matrículas de estudantes de outros municípios em escolas municipais de Criciúma, solicitou através de requerimento levantamento por parte da prefeitura, dos valores pagos pelo Fundeb.

O vereador Júlio Kaminski, do PSDB, acrescentou ao requerimento do colega, pedido também dos valores do Fundeb para a Afasc.

O assunto proibição das matrículas de estudantes de outros municípios nas escolas municipais de Criciúma foi a polêmica da última semana na cidade.

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro propos acordo ao de Içara, Murialdo Gastaldon, para compensação dos valores dos alunos matriculados, o que foi aceito.

O prefeito de Forquilhinha, Dimas Kammer, ainda não aceitou o acordo.

Enviando Comentário Fechar :/