Berimbau

A renegociação de precatórios da prefeitura de Criciúma


17/11/2016 08:08:37

Na agenda que terá hoje em Florianópolis, o prefeito de Criciúma, Márcio Búrigo, do PP, pretende conversar mais uma vez com dirigentes da Celesc. O que está em pauta são precatórios acumulados desde antes do ano 2000 e que somam cerca de R$ 40 milhões. Diante de mais uma conta da Celesc com valor de R$ 90 milhões, iniciou-se investigação contábil. A conclusão é que os R$ 90 milhões correspondem aos mesmos R$ 40 milhões corrigidos e com juros, ou seja, cobrança em duplicidade. Tudo isso está no Tribunal de Justiça.

O primeiro passo é refazer o valor correto e a partir daí tentar retirar do Tribunal de Justiça e negociar diretamente com a Celesc, o que permitiria maior prazo para pagamento que o estipulado pela nova lei, até 2020. "Nós temos como renegociar para que esta conta fique mais leve para o município", informou ontem o prefeito Márcio Búrigo.

A julgar pelo encaminhamento e pela notícia divulgada durante o fim de semana sobre os gastos com pessoal, nem tudo é notícia negativa no Governo que se acaba. O Tribunal de Contas do Estado atestou o gasto com folha de pagamento incluindo nativos, inativos e pensionistas em 41,42% na prefeitura de Criciúma. Isso coloca o município entre os que menos gastam com pessoal.

 

karina-manarin

Cadastre-se e receba minhas postagens com exclusividade:

Berimbau

COMERCIAL: 48 3433.9090 / 9149.4550
KARINA MANARIN 2016 - Todos os direitos reservados
by: conceito virtual