"Ficaram prestando atenção primeiro em um presidiário que queria ser candidato e depois num que levou uma facada", analisou o candidato ao Governo pelo MDB após votar nesta manhã
07/10/2018 15:03
Rincão Refis para meio da página

Candidato ao Governo pelo MDB, Mauro Mariani, votou na Escola Estadual Giovani Pascoalini Faraco, em Joinville nesta manhã, acompanhado da esposa, Cynthia Camargo Mariani.

Ele avaliou que a campanha no primeiro turno teve foco principal na eleição nacional e que isso de certa forma "tirou a atenção dos eleitores locais. "Ficaram prestando atenção primeiro em um presidiário que queria ser candidato e depois num que levou uma facada", analisou.

Mariani avalia que o debate em Santa Catarina foi prejudicado mas tem expectativa que num segundo turno será "mais claro e mais tranquilo".

O candidato preferiu não adiantar parcerias para segunda etapara eleitoral. "Primero temos que saber quem estará no segundo turno", concluiu.

Enviando Comentário Fechar :/