"Ficaram prestando atenção primeiro em um presidiário que queria ser candidato e depois num que levou uma facada", analisou o candidato ao Governo pelo MDB após votar nesta manhã
07/10/2018 15:03

Candidato ao Governo pelo MDB, Mauro Mariani, votou na Escola Estadual Giovani Pascoalini Faraco, em Joinville nesta manhã, acompanhado da esposa, Cynthia Camargo Mariani.

Ele avaliou que a campanha no primeiro turno teve foco principal na eleição nacional e que isso de certa forma "tirou a atenção dos eleitores locais. "Ficaram prestando atenção primeiro em um presidiário que queria ser candidato e depois num que levou uma facada", analisou.

Mariani avalia que o debate em Santa Catarina foi prejudicado mas tem expectativa que num segundo turno será "mais claro e mais tranquilo".

O candidato preferiu não adiantar parcerias para segunda etapara eleitoral. "Primero temos que saber quem estará no segundo turno", concluiu.

Enviando Comentário Fechar :/