Deputado federal delegado Waldir esteve hoje na reunião do Fórum Parlamentar Catarinense em Criciúma a convite do deputado Daniel Freitas
24/05/2019 21:43

O deputado federal delegado Waldir, líder do PSL na Câmara, esteve hoje na reunião do Fórum Parlamentar Catarinense a convite do deputado federal criciumense, Daniel Freitas. Waldir aproveitou a passagem, na região para conversa com lideranças sobre a Reforma da Previdência e avalia que a votação acontecerá de fato na Câmara ainda no primeiro semestre.

O deputado informou ainda que após a Reforma da Previdência será a Tributária e em seguida a rediscussão do Pacto Federativo. Mais que isso, ele não descarta mudanças na questão do Coaf, que por votação dos deputados federais saiu nesta semana das mãos do ministro Sérgio Moro.

Para o delegado Walfir, a pressão das ruas, que ele espera para esse domingo, deve contribuir para possíveis mudanças no processo.

Confira a entrevista na íntegra:

 Reforma da Previdência

Conversei com vários políticos da região, prefeitos, deputados estaduais  e parece que é unânime a necessidade da Reforma Previdenciária. É o papel de transformação do país, geração de empregos, Hoje o mercado financeiro está muito assustado. A geração de empregos reduz  e não podemos deixar  aumentar o déficit fiscal. Acredito que com a Reforma da Previdência, que nós vamos aprovar na Câmara neste primeiro semestre ainda, e no senado no segundo semestre, já estamos avançando paralelamente de forma simultânea com a Reforma Tributária também e depois o Pacto Federativo que vai trazer recursos para os municípios e para os estados. Penso que esse é o país que queremos e estamos construindo. Tem algumas caneladas, como diz o nosso presidente mas penso que isso está sendo superado.

Deputado o sr é o líder do PSL na Câmara e o PSL defendeu com todas as forças a manutenção do COAF com o Ministro Sérgio Moro. A decisão foi contrária. Alguma possibilidade de reversão no quadro?

Nós temos ainda uma votação no senado. O presidente da República pediu que o senado tenha bom senso agora em razão do diálogo e da necessidade de o país avançar, porque precisamos do enxugamento dos ministérios e da estrutura atual. Mas os nossos senadores são independentes e se eles votarem pela volta do COAF ao Moro , com certeza, numa outra votação na Câmara, com as manifestações que vem das ruas no próximo domingo com certeza isso vai causar muito embaraço aos parlamentares na Câmara Federal.

Sua expectativa para as manifestações de domingo

Eu penso que o cidadão vai voltar para as ruas. Não gostou de terem tirado o Coaf do Moro, querem a Reforma da Previdência pela primeira vez estou vendo o povo se movimentar e você vai ver faixas no domingo pedindo a Reforma da Previdência. Isso é extremamente positivo. Pena que o mercado financeiro não esteja capitando essa manifestação popular do lado positivo. Nunca num país alguém brigou por tentar igualar direitos como hoje o cidadão brasileiro está esclarecido. Está nas redes sociais, no seu celular, elas acompanham a TV Câmara para saber as mudanças necessárias. O brasileiro hoje, o eleitor, não é mais o mesmo então nós temos que saber, o político tem que se acostumar a isso. Aqueles antigos que faziam a velha política do toma lá dá cá e o eleitorado já estpa muito  antenado então as mudanças necessárias ao país vão acontecer.

Sua avaliação do evento de hoje aqui em Criciúma. O sr compareceu a convite do deputado Daniel Freitas, que é da cidade...

Daniel Freitas menino de ouro, é um dos meus vice-líderes , de muita confiança, não é a toa que ele foi para a Comissão de Constituição e Justiça também agora está na comissão especial, tem papel preponderante, pela segunda vez traz um ministro aqui para a cidade de Criciúma. O evento muito prestigiado, govenador, deputados, prefeitos, mostra a importância dessa região carbonífera. Fiz visita a algumas instituições e aqui é só exemplo.

Enviando Comentário Fechar :/