Fato político relevante para o pleito eleitoral na Amrec deve ser iniciado nesta tarde com a possível desfiliação de um ex-vereador da região, de seu atual partido. A tendência é que ele migre ao PSL e assuma a coordenação do partido na Região Carbonífera.
25/11/2019 13:14

Fato político relevante para o pleito eleitoral do próximo ano na  Amrec deve ser iniciado nesta tarde com a desfiliação de um ex-vereador da região, de seu atual partido. A tendência é que ele migre ao PSL e assuma a coordenação do partido na Região Carbonífera.

Caso de fato a articulação que está nos bastidores se concretize significa não somente que a maioria do atual grupo filiado ao PSL na região está definitivamente fora do projeto para o pleito eleitoral de 2020 do partido, incluindo os deputados estadual Jessé Lopes e federal Daniel Freitas, que se declaram “bolsonaristas”, mas que o rumo do PSL será oposto ao que aconteceu em 2018, com a onda Bolsonaro.

O cenário eleitoral para 2020, com candidatos do PSL com apoio do Governador Moisés, deve apresentar novidades. A começar por Criciúma.

 

Enviando Comentário Fechar :/