Entre os caminhos sob estudo, a possibilidade de migrar ao PSL. O prazo para decisão é março. Motivo alegado é a falta de organização da chapa proporcional para as eleições de 2020
26/12/2019 18:52

O presidente da Câmara de Vereadores de Criciúma, Miri Dagostin, estuda sua migração do PP para outra sigla para disputar a reeleição em 2020. P motivo, relatou há pouco ao site, é a preocupação com a nominata de pré-candidatos a vereador pelo partido visando ao pleito eleitoral do próximo ano, que não terá mais coligação proporcional.

"Eu não fui mais chamadao para nenhuma reunião do partido em Criciúma e não há informação sobre nomes. Que eu saiba só tem eu e o Paiol. Não podemos correr o risco de não ter nominata", analisa.

Dagostin disse que tem mantido conversas com seu grupo de apoio que envolve sua própria família, e os ex-vereadores Sérgio Pacheco e Círio Cirimbelli. O prazo estipulado para a tomada de decisão é até março. Já hove conversas com lideranças do PSD e do PSL. 

 

Enviando Comentário Fechar :/