Entre os municípios da Amrec, Forquilhinha está classificada como o que até o momento registrou movimentação intensa no cenário eleitoral deste ano.
16/10/2020 19:33

A DISPUTA PELA PREFEITURA EM FORQUILHINHA

Entre os municípios da Amrec, Forquilhinha está classificada como o que até o momento registrou movimentação intensa no cenário eleitoral deste ano. São cinco nomes colocados na disputa e observa-se certa polarização entre as candidaturas de José Cláudio Gonçalves, o Neguinho, do PSD e do ex-prefeito Lei Alexandre, que concorre pelo PP.

Tanto que já houveram pelo menos dois registros referentes ás candidaturas nesse início de campanha eleitoral. O primeiro foi no início desta semana quando aconteceu a detenção do presidente do Sindicato dos Mineiros de Criciúma, Djonatan Piriguete, acusado de estar realizando visitas armado.

Na ocasião, Pirigueti alegou que estava sofrendo ameaças por parte de Neguinho, o que foi prontamente desmentido pelo candidato do PSD. Ainda nesta semana, começou a circular também a informação inverídica que a candidatura de Neguinho havia sido cassada, e que foi desmentida não só por ele mas por vários apoiadores de campanha com a apresentação do registro na justiça eleitoral da chapa que tem Valcir de Matia, o Chile, do PDT como vice.

Por ora, no município, das cinco candidaturas, somente uma ainda aguarda julgamento: trata-se de Juliano Arns, do Podemos. Todas as outras são consideradas aptas pela Justiça eleitoral: Lei Alexandre pelo PP, José Cláudio Gonçalves pelo PSD, Geovane de Godói pelo PL e Vanir Carlos Nola do PSL estão no páreo pela disputa. Outro fato curioso na campanha é que o atual prefeito Dimas Kammer, eleito pelo PP, deixou o partido e declarou apoio para o candidato do PL, Geovane de Godói.

 

CLIQUE E LEIA MAIS

FRANCISCO BALTHAZAR É O PRIMEIRO A TER CANDIDATURA DEFERIDA EM CRICIÚMA

DOIS CANDIDATOS A PREFEITO DE CRICIÚMA JÀ RECEBERAM O FUNDO ELEITORAL

DEFERIMENTO

O deferimento da candidatura de Geovane de Godói pelo PL em Forquilhinha confirmou a tese do advogado Ivo Carminatti, relativa a condenação que o candidato sofreu nas eleições de 2012 em Morro Grande por irregularidades. A inelegibilidade foi imposta a época por oito anos e venceria no dia 7 de outubro de 2020. A tese do advogado, comprovada com o deferimento da candidatura confirmado, é que com a mudança da data de eleição para o dia 15 de novembro, Godói estaria apto a concorrer.

 

Ataque

Na campanha eleitoral de Criciúma, o ataque ao prefeito Clésio Salvaro, do PSDB, favorito na corrida, fica por conta de Júlia Zanatta, do PL e o advogado Francisco Balthazar, do PT. No programa que foi ao ar nesta sexta-feira, Balthazar apareceu na frente do Paço Municipal enumerando dois ex-prefeitos que ele considera “respeitáveis”: Décio Góes e José Augusto Hülse. O candidato do PT avaliou que atualmente a prefeitura  “ é de poucos aventureiros”.

APOIOS

A advogada Júlia Zanatta,  segue divulgando os apoios recebidos, em especial da família Bolsonaro. Hoje distribuiu através das redes sociais postagem do deputado federal Eduardo Bolsonaro em apoio a sua campanha.O ataque ao governo de Clésio Salvaro no programa de hoje ficou por conta do vice, médico Alisson Pires ao afirmar que a secretaria de saúde de Criciúma atualmente é "secretaria da doença".

CORAÇÃO

Chama atenção na propaganda eleitoral do médico Aníbal Dário, do MDB, o coração como símbolo. O mesmo adotado por Eduardo Moreira em sua campanha, inclusive com jingle fazendo alusão ao coração. A época, o motivo era a profissão de Moreira: médico cardiologista.

CRITICAS

A propaganda do prefeito Clésio Salvaro, do PSDB, além de maior destaque para o vice, Ricardo Fabris, do PSD, volta ao discurso do início do governo, quando o recém eleito fazia duras críticas ao seu antecessor, Márcio Búrigo. Salvaro chegou a repetir que teve que “Governar o Governo”.

CLIMA QUENTE

Esquentou a campanha em Araranguá um pedido de cassação da chapa encabeçada pelo candidato do PP, Daniel Viriato Afonso. A Ação, de autoria da assessoria jurídica do candidato a prefeito pelo PRTB, Ricardo Ghelere, teve por base a divulgação de uma peça de campanha do candidato no site da prefeitura do município, com convite para debate na Rádio Som Maior em Criciúma. Daniel é o candidato de situação, com o PP, seu partido, no comando do Executivo com Mariano Mazzucco Neto. A justiça já determinou a retirada da propaganda do site. A notícia foi detalhada pelo colunista Everaldo Silveira.

BANDEIRA

Deputada estadual Ada de Luca, do MDB, anunciou através de sua chefe de gabinete, Karina Canto Bittencourt, apresentação de emenda parlamentar na ordem de R$ 200mil para a compra de equipamentos eletroeletrônicos pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Içara. Ações em defesa da mulher e voluntariado são bandeiras do mandato da deputada. 

 

 

MOISÉS PERDE MAIS UMA

A Ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, negou recurso da assessoria jurídica do Governador Moisés que solicitava a revisão do voto dela pelo não prosseguimento do processo que questiona o rito do de impeachment que tramita na Assembleia Legislativa. A ministra manteve a posição do dia 28 de setembro último quando alegou “descumprimento de preceito fundamental”. Agora faltam os votos dos outros ministros. A questão em pauta é o princípio da subsidiariedade, prevista no §1o do artigo 4o da Lei n. 9.882/99. O mesmo foi alegado pela Procuradoria Geral da República, Advocacia Geral da União e Presidência da República. Perde mais um round o Governador Moisés. 

 

Dinheiro sujo?

Depois que Itajaí ficou conhecida em todo o Brasil e quiçá no exterior pela forma como foi divulgada possível  aplicação de ozônio no combate ao coronavírus, quem ganhou fama por situação semelhante nesta semana foi o senador Chico Rodrigues, até então vice-líder do Governo de Jair Bolsonaro. O senador foi afastado de suas funções no Congresso por 90 dias depois que a Polícia Federal encontrou cerca de R$ 17 mil escondidos "entre suas nádegas". 

 

Enviando Comentário Fechar :/