Acusação envolvendo o ex-senador pode comprometer projeto de candidatura a prefeito de Joinville
13/02/2020 07:52

A denúncia do Ministério Público Federal envolvendo o ex-senador Paulo Bauer pode comprometer as intenções dele e do PSDB de Santa Catarina de candidatura a prefeito de Joinville.

O caso "Hypermarcas" que já havia sido pedra no sapato de Bauer enquanto ele exercia o mandato de senador, veio a tona novamente ontem. Além dele, o Ministério Público denuncia outros oito nomes como possíveis envolvidos, entre eles o advogado Péricles Prade, de Florianópolis.

Paulo Bauer é acusado de receber R$ 11,8 milhões da empresa Hypermarcas e sua subsidiária, Indústria Química e Farmaceutica Biofarma, por meios de contratos fictícios firmados com pessoas jurídicas, para atuar em assuntos relativos a quetões fiscais da Indústria Farmacêutica. Os recebimentos teriam acontecido, segundo a denúncia do Ministério Público, entre os anos de 2013, 2014 e 2016.

Chama atenção também no processo, a citação do "Projeto Criciúma". 

 

 

 

Confira AQUI NA ÍNTEGRA A DENÚNCIA DO MINISTÉRIO PÚBLICO

Enviando Comentário Fechar :/