Fornecimento pelo Ministério da Saúde está em atraso. Secretário estadual de saúde, Acélio Casagrande, e a deputada federal Carmen Zanotto, coordenadora do Fórum Parlamentar Catarinense buscam a solução definitiva
26/10/2018 12:15

O secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, e a deputada federal Carmen Zanotto, coordenadora do Fórum Parlamentar Catarinense no Congresso Nacional, buscam a solução definitiva quanto a atrasos no fornecimento de medicamentos pelo Ministério da Saúde para Santa Catarina.

 As situações mais preocupantes se referem ao Daclatasvir 30 mg, para tratamento de hepatite C, e o Trastuzumabe (de nome comercial Herceptin), para tratamento de pacientes com câncer de mama.

 O desabastecimento do Daclatasvir foi assunto de reunião de representantes do Fórum Parlamentar no gabinete do Ministro da Saúde nesta semana. O secretário Acélio Casagrande enviou um ofício ao secretário-executivo do ministro solicitando 5.834 comprimidos com urgência. 

 Quanto ao Herceptin, Casagrande estará em Brasília na próxima semana, onde, acompanhado de técnicos da Secretaria e da deputada Carmen, cobrará o lote do terceiro trimestre, com 2.792 ampolas, que deveria ter chegado para Santa Catarina em 20 de setembro.

  O secretário também já havia enviado no dia 27 de julho, por meio da consultoria jurídica da SES/SC, pedido ao procurador da República em Florianópolis para a instauração de um procedimento judicial visando a regularização do fornecimento.

Enviando Comentário Fechar :/