O principal ponto está na possibilidade de Salvaro, se reeleito, renunciar ao mandato para compor em chapa majoritária em 2022. Fato, se concretizado, exigiria um vice “de confiança do prefeito ” . Em Nova Veneza, Rogério frigo é cotado para candidatura a deputado estadual
16/12/2019 08:27

Ano terminando e o próximo, 2020 é eleitoral. Em Criciúma reina o favoritismo do atual prefeito, Clésio Salvaro, do PSDB, pré-candidato à reeleição. E a disputa se concentra também na possibilidade de indicação de um vice para Salvaro. Apesar de o prefeito descartar qualquer possibilidade de não ter o PSD como vice na chapa do próximo ano, há os que alimentam esperanças em vários partidos.

O principal ponto no entanto, está na possibilidade de Salvaro, se reeleito, renunciar ao mandato para compor em chapa majoritária em 2022. Fato, se concretizado, exigiria um vice “de confiança do prefeito ” para assumir o comando do Paço. Aí que mora a incógnita.

 Na linha de influência das eleições de 2020 nas de 2022, podem ser citados outros dois possíveis casos na Amrec: em Içara e em Nova Veneza.

 

O prefeito de Nova Veneza, Rogério Frigo, do PSDB, foi sondado sobre a possibilidade de concorrer a uma vaga na Assembleia em 2022. Com a saída de Dóia Guglielmi do cenário, o partido ficou sem pré-candidato consolidado para deputado estadual. Ocorre que para isso, Frigo, numa eventual reeleição, teria que renunciar ao cargo e assumiria o vice no município. Por ora, Élzio Milanez, do PSD, é o nome em pauta para compor como vice.

O atual prefeito de Içara, Murialdo Gastaldon tem como planos políticos possível candidatura a deputado estadual em 2022. E isso passa também pela eleição ou não de um sucessor no município.

 

 

Enviando Comentário Fechar :/