Reunião ontem na Acic com a presença de representantes das Associações Empresariais de Criciúma e Tubarão e da bancada do Sul, encaminhou o assunto.
15/10/2019 08:06

A união das forças do Sul, com a classe empresarial e política, é o primeiro passo para melhoras na malha ferroviária, item essencial ao desenvolvimento e primordial para incremento da logística de transportes. Reunião ontem na Acic com a presença de representantes das Associações Empresariais de Criciúma e Tubarão e da bancada do Sul, encaminhou o assunto.

O próximo passo será encontro com o Fórum Parlamentar Catarinense em Brasília. O ponto principal é que Santa Catarina não está incluída no programa do Governo Federal para construir novos trechos e melhorar a malha já existente através por exemplo de renovação de concessões.

Há projeto de 2002 que previa a implantação de uma ferrovia ligando o Oeste ao Leste, a da Integração, e outra entre Imbituba e Araquari , Litorânea  do Sul ao Norte.

A mobilização que inicia no Sul no entanto, não é somente da região. Precisa ser uma bandeira de todo o Estado já que envolve toda a malha e o “esquecimento” de Santa Catarina em um projeto relevante à economia.

Por isso, há de se levar em consideração envolver na causa outras Associações Empresariais, como a de Joinville, que também demonstra  peso em atos e ações que encabeça.

Enviando Comentário Fechar :/