Assembleia não teve acesso a informações mais precisas sobre inquérito envolvendo o diretor de Tecnologia da Casa, Nelson Nappi.
30/05/2019 18:33

A Assembleia Legislativa de Santa catarina acaba de emitir nota oficial sobre o ocorrido nesta manhã com a presença da Polícia Federal na Casa e a prisão do diretor de tecnologia Nelson Nappi, ex-secretário adjunto estadual de administração. Ao todo, foram 11 prisões preventivas e temporárias e mandados de busca e apreensão. A Polícia Federal esteve na casa do presidente da Assembleia, Júlio Garcia. 

A nota refere-se especificamente ao fato ocorrido na Assembleia e a informação é que daqui a pouco deve sair nota oficial do deputado Júlio Garcia.

CONFIRA A NOTA NA INTEGRA:

A Assembleia Legislativa, por meio da Diretoria de Comunicação Social, informa que o evento policial ocorrido hoje não tem como foco o Poder Legislativo de Santa Catarina.

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido nesta manhã no prédio administrativo da Avenida Mauro Ramos, onde foram vistoriados e apreendidos documentos e equipamentos eletrônicos, de uso do diretor de Tecnologia, Nelson Nappi, investigado no inquérito.

Por determinação do presidente, deputado Julio Garcia, o diretor foi exonerado do cargo no dia de hoje.

Até o presente momento a Assembleia Legislativa não teve acesso a informações mais precisas a respeito do inquérito ou sobre o teor das acusações. Mas está atenta e à disposição das autoridades para que o caso seja esclarecido no menor espaço de tempo possível.

Florianópolis, 30 maio de 2019.

Enviando Comentário Fechar :/