Semana termina com apostas de Haddad pode chegar ao Segundo turno com Bolsonaro
15/09/2018 05:20

A semana termina com apostas de que o PT de Fernando Haddad pode passar ao segundo turno eleitoral com Jair Bolsonaro, do PSL. Numa eleição imprevisível como a que estamos vivendo, de fato, nada pode ser descartado, mas a conclusão que se chega é que Lula, mesmo preso, comprova sua habilidade de exímio articulador político, superando os que soltos não conseguem planejar a ascensão ao poder.

O discurso da esquerda é organizado, afinado, todos "rezam" a mesma cartilha e conseguem passar a imagem de vítima em qualquer situação. Enquanto o tucano Geraldo Alckmin não decola e  Jair Bolsonaro não pode sair às ruas em campanha após ter sofrido um atentado, o pedetista Ciro Gomes disputa com Fernado Haddad a possibilidade de estar no segundo turno.

Com a imagem de Lula a tiracolo e lembranças de um Brasil que foi descoberto por ele, a propaganda política de Haddad convence e o coloca em um cenário que pode trazer inclusive o próprio Lula de volta a um eventual Governo.

Talvez pelas mãos do agora presidente do STF, Dias Toffoli. A possibilidade de a esquerda, que governou por 14 anos o país , retornar ao poder dois anos depois da cassação de Dilma Roussef, é real.

Por pura competência de uma ideologia que implantada, soube como trabalhar suas ramificações para se estabelecer por muito mais tempo do que se imagina. Ou incompetência dos outros.

 

 

Enviando Comentário Fechar :/