Retirada de requerimento para discutir a APA do Morro Albino pode ter sido também para não entrar em assunto polêmico neste momento
30/10/2018 07:51
Rincão Refis para meio da página

O vereador Júlio Kaminski, do PSDB, retirou ontem o requerimento que havia protocolado na Câmara de Vereadores de Criciúma para a realização de uma audiência pública visando a discutir a Área de Preservação Ambiental do Morro Albino.

Foi depois de conversa com vereadores e a comissão que trata do assunto, que resultou também na retirada  do projeto do vereador Diego Goulart, do DEM, para a extinção d APA.

Afora a justificativa de que ouviu lideranças e optou por aguardar o Plano de Manejo, que está sob responsabilidade da Unesc, para então colocar o assunto em discussão, o vereador Kaminski pode ter reprensado o assunto e talvez tenha pesado na decisão o fato de estar na lista de possíveis candidatos a prefeito tenha pesado na decisão.

O desempenho de Kaminski na Câmara tem sido elogiado até o momento, e foi destacado inclusive pelo deputado federal eleito pelo PSL, Daniel Freitas, que em entrevista a esta coluna na última semana, ao responder questionamento sobre o nome de Kaminski para a prefeitura pelo PSL,  admitiu que ele "tem totais condições de candidatura a prefeito mas isso depende de conversas com o partido em Criciúma".

No caminho da eleição de 2020 podendo ocupar espaço na majoritária, talvez não fosse esse  o momento de suscitar assunto tão delicado que setores da economia da cidade preferem que não seja colocado em pauta.

Enviando Comentário Fechar :/