Trata-se de trecho de cinco quilômetros no final da obra, na parte de Santa Catarina, onde a atual empresa que executa a pavimentação constatou problema técnico de escorregamento e são necessárias contenções, o que exigiria aditivo ao contrato.
23/09/2019 17:51

Apesar da ótima notícia que os deputados federais do Sul receberam do ministro interino Marcelo Sampaio na última semana sobre a conclusão da pavimentação da BR-285/Serra da Rocinha, um detalhe passou despercebido apesar de ter sido ventilado nos bastidores.

Trata-se de trecho de cinco quilômetros no final da obra, na parte de Santa Catarina, onde a atual empresa que executa a pavimentação constatou problema técnico de escorregamento e são necessárias contenções, o que exigiria aditivo ao contrato.

Ocorre que no DNIT, há pelo menos um ano há estudos sobre a realiação de nova licitação para o trecho ou a liberação de aditivos.

O fato pode atrasar um pouco mais a obra do que o previsto. Deputados há foram alertados sobre a situação.

Enviando Comentário Fechar :/