Em carta aberta ele se despediu há pouco dos correligionários. O caminho de Monteiro deve ser o PL do senador Jorginho Mello
15/09/2019 18:20

O advogado Jefferson Monteiro anunciou há pouco sua desfiliação do MDB de Criciúma. Apesar de ter recebido na última semana o apoio de líderes do partido para sua pré-candidatura a prefeito, no texto ele fala das últimas eleiçõs, do sentimento de mudança presente na sociedade

" Não sendo este o projeto do MDB no momento, me resta manter posição de respeito às novíssimas decisões do grupo de reestruturação, embora considere um equívoco não continuarmos lutando pela profunda renovação que os ventos da mudança impuseram e tornarão a fazê-lo", diz Monteiro em um trecho da carta em que se despede do partido no qual estava filiado há cinco anos.

 

CONFIRA A CARTA NA ÍNTEGRA:

CARTA ABERTA AO MDB/CRICIÚMA


Presidentes EDUARDO SIMON e RODRIGO DUZZIONI,
Amigos dirigentes, militantes e simpatizantes do MDB/Criciúma,


Como se sabe, o sufrágio de 2018 descortinou uma espécie de sentimento de mudança no modo de pensar do povo brasileiro. Ficou clarividente que as pessoas foram às urnas imbuídas da vontade de apertar o botão “exploda-se”. Talvez, a maioria delas sequer poderia – e como ainda não pode – mensurar a conseqüência da sua vontade. Até porque não se tratava apenas de um voto. Desta vez, o som das urnas eletrônicas se fez acompanhado por um ensurdecedor grito de basta – à velha política, aos mandos e desmandos e à endêmica corrupção.

E essa explosão vulcânica, sem precedentes, pegou inclusive os desavisados de surpresa, fazendo implodir estruturas até então indestrutíveis e ascender simples plebeus, movidos pelo esforço ingente de uma gente calejada de sofrimento e “roubalheira”. E quando alguns ainda pensam que os ventos da mudança se esvaíram no horizonte, há outros, atentos e crentes, apostando estarmos apenas no núcleo do furacão e na iminência de uma nova varredura. E nós, atores políticos que somos, devemos sim fazer um profundo exercício de reflexão, porquanto, apesar de tudo, a todos é conferida, dia-a-dia, a oportunidade de navegar grandes mares sem o risco de sucumbir aos fenômenos cataclísmicos.

Mas você irá se perguntar: como devo agir para que não seja dizimado pelos movimentos de transformação? Simples! Seja você parte deles, combatendo com rigor às injustiças, os coronéis da ilegalidade e as barbáries praticadas diuturnamente contra o estado democrático. Seja, pois, integrante verdadeiro deste movimento – não significa tornar-se bolsonarista – porque o que ecoa após o tsunami é o grito retumbante de um povo aguerrido, há muito intolerante às ações sorrateiras da velha e odiosa política. Não espere sentado e de braços cruzados pelo tempo oportuno – Kairós de Deus, pois "(...) um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia" (2 Pedro 3:8). Torne-se, de vez, militante incansável da renovação, expurgando, com boas práticas, todo o mal que atenta nossas famílias, nossa comunidade, nossa Cidade, nosso Estado e nosso País.

Expressado esse sentimento, quero aqui publicamente agradecer a agremiação MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO por haver me acolhido nos últimos 5 (cinco) anos. Em que pese não tenha sido militante assíduo, nunca escondi dos mais próximos o desejo de contribuir para com o maior partido político de Criciúma, Santa Catarina e Brasil.

É bem verdade que nos últimos meses, encorajado por pessoas grandiosas, lutei arduamente para que o Partido pudesse apresentar à cidade de Criciúma um projeto de administração pública alternativo, eficiente e arrojado, capaz de proporcionar à população maior dignidade e justiça social.

Não sendo este o projeto do MDB no momento, me resta manter posição de respeito às novíssimas decisões do grupo de reestruturação, embora considere um equívoco não continuarmos lutando pela profunda renovação que os ventos da mudança impuseram e tornarão a fazê-lo.

Nessa linha de princípio, e considerando o desejo de integrar um projeto (majoritário, inclusive) de luta para o pleito de 2020, peço vênia para me despedir a cada amigo que conquistei no MDB e agradecer a esse grandioso Partido por todas as riquezas proporcionadas a mim e à minha família.

Muito obrigado!

Um cordial e fraterno abraço a todos.

Criciúma/SC, 15 de setembro de 2019.

JEFFERSON DAMIN MONTEIRO

Enviando Comentário Fechar :/