Suplente de vereador do PSDB, retirado da Câmara após manobra do Paço Municipal, admite compor em majoritária para o próximo ano. O vereador Júlio Kaminski, também em processo de divórcio do PSDB, pode ser alternativa para chapa
13/12/2019 09:52

 

Nos últimos dias, o vereador Júlio Kaminski e o suplente, Alisson Pires, ambos em processo de divórcio do PSDB de Criciúma, têm frequentado eventos juntos, levantando a hipótese de compor chapa majoritária para as eleições do próximo ano na cidade. O último encontro de ambos, foi na sessão solene da Câmara de Criciúma, para a entrega de títulos, na noite de quarta-feira.

Na ocasião, foram fotografados com Oscar Urruzola, já na lista de pré-candidatos a vereador pelo DEM (foto). Ao ser questionado pela coluna sobre seus planos políticos no entanto, Alisson Pires foi extremamente cauteloso quando ao ingresso em nova sigla e citou várias como possibilidade. Confirmou no entanto, que deve participar das eleições de 2020: na majoritária ou em proporcional. 

 Seus planos políticos...

 Quando da minha última saída da câmara municipal tive uma conversa muito tranquila com o prefeito Clésio Salvaro. Na ocasião agradeci a ele a oportunidade e o convite para o ingresso ao meio político e também manifestei que muito provavelmente não iria disputar eleições em 2020 (por razões diversas)... Porém após a notícia de minha saída da Câmara e seus motivos (articulado pelo paço municipal) recebi inúmeras mensagens e ligações de apoio, inclusive uma festa surpresa onde a maioria dos vereadores, assessores e funcionários da câmara foram à minha casa após a 1a sessão sem a minha presença, prestar solidariedade, iniciei um processo de reflexão sobre a política, o município e de como eu poderia contribuir nesse sentido... Com relação meus planos políticos sou bem sincero em dizer que não tenho nenhuma vaidade pessoal, estou analisando os diversos projetos para a cidade que me estão apresentando...

 

Sua filiação ao PSD chegou a seu divulgada. O Sr vai mesmo assinar ficha no partido?

 Tive sim uma conversa com o deputado Júlio Garcia, mas disse à ele, bem como aos outros partidos que me procuraram que ainda estou filiado ao PSDB, logo, por respeito ao partido e às pessoas que estão nela, não tomarei nenhuma decisão enquanto estiver filiado. Agradeço muito pela lembrança de meu nome mas, repetindo, a decisão somente após eu estiver sem partido.

 Ultimamente percebemos sua aproximação com o vereador Júlio Kaminski que também é do PSDB e deixe deixar a sigla. Há possibilidade de composição de chapa com vocês dois?

Conheci o Vereador Júlio Kaminski em 2016 no ato de minha assinatura no PSDB, tive a oportunidade de conviver com ele nos quase três anos que estive na Câmara, e nesse período aprendi a admirá-lo pelo seu caráter e suas atitudes frente ao legislativo municipal. Nossa relação não é somente institucional mas amizade particular. Conforme a entrevista que ele lhe concedeu, se colocou como pré-candidato a prefeito, e nesse sentido, sei que ele reúne atribuições necessárias para o cargo...Meu nome tem sido veiculado na mídia e nas conversas de bairro com possibilidade de compor a Majoritária... Mas há de se ter muita serenidade nesse momento. Com certeza fico muito honrado pela lembrança, isso é um sinal de reconhecimento. Esteja eu na Majoritária, na proporcional ou nos bastidores. Estou orando muito nesse sentido e com certeza Ele mostrará o melhor caminho.

 

Então o que já de concreto e que o Sr participa das eleições de 2020...

 Sim, como falei anteriormente, sem vaidade mas pensando no melhor para a cidade, podendo estar na Majoritária, Proporcional ou nos Bastidores...

 Além do PSD, qual o outro caminho o sr pode seguir?

Fui procurado por lideranças de vários partidos, estou analisando o projeto de cada um...

 Podemos colocar nessa lista o MDB e o DEM?

MDB está numa proposta interessante de reestruturação e renovação; A Lisiane Tuon ,presidente do DEM, minha amiga e colega de Unesc já conversou comigo, Sou amigo do Deputado Daniel Freitas , do PSL, e já tivemos um diálogo muito bom, além do PDT (Rodrigo Minotto), PP e PL.

 

Enviando Comentário Fechar :/