De autoria do deputado Bruno Souza, sem partido, o requerimento foi aprovado por unanimidade
04/09/2019 09:30

Se o deputado Jessé Lopes, do PSL, sugeriu a venda da Casa do Governador e do vice, ontem, o deputado Bruno Souza, que foi eleito pelo PSB mas está sem partido, deu um passo adiante na mesma direção. Ele teve requerimento de sua autoria aprovado por unanimidade no Plenário da Assembleia, solicitando a devolução ou venda da  residência oficial da vice-governadora, Daniela Reinehr, do PSL.

A principal questão em toda a polêmica são os gastos estimados em quase R$ 300 mil com a residência oficial da vice-governadora que explicou através de sua assessoria, estarem os trabalhos prejudicados nas instalações no Centro Administrativo, devido a reformas, assim a residência oficial estava sendo utilizada para atividades oficiais e recepção de autoridades.

O requerimento aprovado pelos deputados solicita inclusive o cronograma das reformas. Na carona de Jessé Lopes, que estabeleceu como meta a economia de gabinete e corte de privilégios, Bruno Souza, denunciado pelo próprio irmão que o acusa de irregularidades fiscais e eleitorais, também anunciou economia em seu gabinete com renúncias a diárias carro oficial e passagens.

Enviando Comentário Fechar :/