Djonatan Matei Elias, o Pirigueti, narrou que está em campanha em Forquilhinha pelo ex-prefeito Lei Alexandre, do PP e alegou receber ameaças do candidato a prefeito pelo PSD, José Cláudio Gonçalves, o Neguinho
12/10/2020 19:22

Ocorrência Policial agitou os bastidores políticos em Forquilhinha na tarde desta segunda-feira. O presidente do Sindicato dos Mineiros de Criciúma e Região, Djonatan Matei Elias, o Pirigueti, foi abordado pela Polícia no Bairro Ouro Negro após denúncias de populares de que estaria ameaçando pessoas com uma arma. Durante a revista pessoal, a Polícia encontrou o acusado com a arma na cintura e no porta luvas do veículo um carregador sobressalente e munição.

Procurado pelo site, e questionado sobre o ocorrido, Pirigueti narrou que está em campanha em Forquilhinha pelo ex-prefeito Lei Alexandre, do PP,  alegou receber ameaças do candidato a prefeito pelo PSD, José Cláudio Gonçalves, o Neguinho e confirmou que estava armado na ocasião da abordagem nesta tarde. "Eu estava fazendo visitas a alguns mineiros e houve uma abordagem. Minha arma está aqui na minha cintura", reforçou. 

Pirigueti disse ainda que seu carro tem vários "santinhos" não somente do candidato para quem ele faz campanha em Forquilhinha mas para de outros municípios. Enumerou a candidata do PP, Dalvânia Cardoso em Içara, também do PP em Lauro Müller, Valdir Fontanella e Aníbal Dário do MDB em Criciúma. " Quem está em campanha não é o preidente do Sindicato mas o Pirigueti cidadão", concluiu.

Enviando Comentário Fechar :/