Primeiro a Regional da Celesc que seria levada para Tubarão, depois a Cidasc e agora a redução de repasses para o Hospital São José. Detalhe relevante é que para o Hospital de Tubarão, o repasse passará de R$ 952 mil de incentivo para R$ 2 milhões ao mês.
13/09/2019 09:38

O que mais chama atenção quando o assunto é Criciúma e o Governo de Carlos Moisés, são as atitudes desde que ele assumiu como governador.

Primeiro a Regional da Celesc que seria levada para Tubarão, depois a Cidasc e agora a redução de repasses para o Hospital São José. Detalhe relevante é que para o Hospital de Tubarão, o repasse passará de R$ 952 mil de incentivo para R$ 2 milhões ao mês.

O atual governo tem incentivado desde o início a ressurreição de rivalidade entre dois municípios que há anos estava apaziguada.

Enviando Comentário Fechar :/