Paulo Meller informou que ele recebeu enquanto diretor operacional da Casan, recomendação do Banco responsável pelo empréstimo para tratamento nos bairros São Luiz e Michel, para suspenderem a Ordem de Serviço até que se resolva o impasse em Criciúma.
26/03/2019 08:31

A explicação do ex-prefeito de Criciúma e ex-diretor Operacional da Casan, Paulo Meller, na Câmara de Vereadores de Criciúma ontem, abrangeu, além do alerta sobre a possibilidade de falta de água, mais alguns itens que merecem atenção, entre eles o tratamento de esgoto em andamento em Criciúma e que pode ser perdido com a quebra do contrato.

Meller afirmou com todas as letras que ele mesmo recebeu recomendação do Banco responsável pelo empréstimo para tratamento nos bairros São Luiz e Michel, para suspenderem a Ordem de Serviço até que se resolva o impasse em Criciúma.

E o impasse é bem maior que um capricho do prefeito que instantaneamente resolveu bater o pé e insistir em rescindir o contrato sem sequer explicar como vai ser a organização para manter o serviço prestado atualmente.

Enviando Comentário Fechar :/