O prefeito Braço do Norte, Roberto Kuerten Marcelino, do PSD, defendeu que haja formas de enfrentamento da Covid-19 nos municípios e informou que está aderindo a fórmula adotada em Itajaí, sobre protocolo de medicamentos.
15/07/2020 14:23

Durante a reunião dos prefeitos e demais lideranças da região da Amurel nesta manhã, o chefe do Executivo de Braço do Norte, Roberto Kuerten Marcelino, do PSD,  defendeu que haja formas de enfrentamento da Covid-19 nos municípios e informou que está aderindo a fórmula adotada em Itajaí, sobre protocolo de medicamentos.

Questionado pelo site sobre o assunto, ele explicou que o protocolo já foi adotado, em concordância com a diretoria médica do município, infectologistas e representantes também do Hospital Santa Terezinha, que funciona no município e que os medicamentos começam a chegar entre hoje e amanhã com início de tratamentos na sexta-feira.

“São três fases no tratamento e o município está subsidiando para a população. Além disso, Braço do Norte garantiu R$ 2 milhões para início das obras de ampliação do hospital com construção de mais leitos. É uma solução a médio prazo mas que estamos buscando”, ilustrou Kuerten.

O prefeito não especificou quais medicamentos serão utilizados mas em Itajaí, cidade citada por ele como "espelho"  há distribuição de cloroquina e  Ivermectina à população como prevenção ao tratamento de covid.

O município de Braço do Norte ainda não aderiu ao “lockdown” sugerido pelo Comitê Técnico da Amurel. O prefeito, durante a reunião desta manhã disse que gostaria de uma justificativa técnica, de que seria comprovado o que seria feito.

 (COm foto/redes Sociais)

Enviando Comentário Fechar :/