O controlador Geral do Estado, Luiz Felipe Ferreira, esteve com funcionários próximos no fim desta tarde e teria comunicado que deve deixar o Governo de Carlos Moisés. Por isso, as apostas nos bastidores é que a saída dele deve ser comunicada nas próximas horas.
29/06/2020 20:12

O controlador Geral do Estado, Luiz Felipe Ferreira esteve com funcionários próximos no fim desta tarde e teria comunicado que deve deixar o Governo de Carlos Moisés. Por isso, as apostas nos bastidores é que a saída dele deve ser comunicada nas próximas horas.

Os deputados que compôem a CPI dos Respíradores solicitaram há três dias a saída do Controlador da função.

O  motivo alegado é que os documentos que ele apresentou na Comissão teria ficado evidenciado que o controlador não teria mais condições de continuar no cargo, por não ter tomado as medidas e precauções para evitar as irregularidades administrativas internas na Secretaria de Estado da Saúde, que culminaram com a aquisição dos 200 respiradores com pagamento antecipado de R$ 33 milhões e sem garantia de entrega.

No depoimento, Luiz Felipe Ferreira teria apontado sua adjunta, Simone Becker, como integrante do grupo de Whatsapp onde houve consulta sobre garantias para a compra de respiradores e que não teria feito nenhum alerta sobre os riscos.

Simone Becker solicitou seu desligamento da Controladoria e tem depoimento marcado para amanhã na CPI dos Respíradores.

 

Enviando Comentário Fechar :/