Deputada Ada de Luca apresentou indicação defendendo que o governo e a Secretaria da Fazenda disponibilizem meios necessários para viabilizar que a cidade receba o investimento. Deputados Rodrigo Minotto , Volnei Weber e Luiz Fernando Cardoso apoiaram a proposta
08/07/2020 19:13

O trabalho de Içara para a instalação do centro de distribuição do Mercado Livre no município ganhou o reforço da deputada estadual Ada Faraco de Luca, do MDB. Por meio da Assembleia Legislativa, a parlamentar apresentou uma indicação defendendo que o governo catarinense e a Secretaria de Estado da Fazenda disponibilizem os meios necessários para viabilizar que a cidade sul-catarinense possa receber o investimento.


Ada justifica que as características estratégicas e logísticas são favoráveis a Içara. O município ofereceu um local no bairro Esperança, a 600 metros da BR-101 e 400 metros da Ferrovia Tereza Cristina, próximo ao aeroporto de Jaguaruna e do porto de Imbituba.

“Nós não podemos perder essa oportunidade. Com a pandemia, as vendas pela internet aumentaram muito. De minha parte, gostaria de me somar aos esforços do prefeito Murialdo Canto Gastaldon e do senador Dário Berger. Vamos lutar para gerar emprego e renda para a nossa região”, convocou


A deputada lembra que as negociações com Gravataí, no Rio Grande do Sul, foram encerradas por entraves com o governo e a preferência é por Santa Catarina. “Nós sabemos que muitas cidades estão à disposição, que será uma disputa saudável e muito boa para os catarinenses, mas defendemos que esse importante investimento seja feito em Içara”, disse Ada.


A parlamentar lembra que o Mercado Livre anunciou um investimento de R$ 4 bilhões, a maior parte, para a abertura de centros de distribuição no Brasil. O objetivo da empresa é entregar os produtos em até 48 horas após a compra pela internet. “Agora em julho, abriu o centro de distribuição para o Norte e o Nordeste, em Salvador. É uma estrutura que vai chegar a 500 funcionários. Aqui no Sul, será maior ainda, chegará a dois mil empregos”, afirmou Ada.


Após o discurso de Ada no plenário virtual, os deputados Rodrigo Minotto , do PDT, Volnei Weber, do MDB e Luiz Fernando Cardoso, do MDB também apoiaram a proposta da deputada.

 

Enviando Comentário Fechar :/