A Chapa que tem o advogado Rafael Horn como candidato a presidente da OAB/SC, divulgou uma carta à advocacia catarinense renovando o seu compromisso com o debate de ideias e apresentação de propostas
12/11/2018 18:34

A Chapa  que tem o advogado Rafael Horn como candidato a presidente da OAB/SC, divulgou uma carta à advocacia catarinense renovando o seu compromisso com o debate de ideias e apresentação de propostas para a classe, já firmado no lançamento da candidatura, e conclamando para uma campanha eleitoral propositiva.

As lideranças que apoiam a chapa também estão realizando um movimento, divulgado pelas redes sociais, denominado “Eu faço eleições limpas”. O pleito da OAB/SC será no dia 28 de novembro, com votação das 9h às 17h.

Na carta, refuta “vícios da velha política partidária”, como “o debate eleitoral pautado por ofensas pessoais, pela desconstrução do adversário a partir de inverdades e distorções de fatos, pela disseminação de fake news - usando-se para tanto os famigerados “dark posts”, o compartilhamento anônimo de conteúdos falsos em aplicativos de conversa instantânea”.

O candidato a presidente da OASB/SC explica que o compromisso da Chapa é fazer uma campanha eleitoral espontânea, propositiva e inclusiva. “Priorizamos uma nova forma de fazer política, para atrair jovens, mulheres, expoentes e experientes colegas para a gestão da OAB/SC”, explica, destacando a importância de um debate construtivo para a instituição.

A divulgação da carta e o movimento iniciado pelas lideranças em todo o Estado ocorre por recente disseminação em massa de conteúdos apócrifos que tentam desconstruir a imagem dos candidatos da Chapa 81, por intermédio de informações distorcidas ou inverídicas.

 

Confira a íntegra da carta:

 

“CARTA À ADVOCACIA CATARINENSE

Prezados advogadas e advogados catarinenses,

A Chapa 81 - ADVOCACIA UNIDA, concorrendo às eleições da Seccional catarinense da OAB/SC, encabeçada pelo advogado Rafael Horn, vem dirigir-se à classe para agradecer o crescente apoio recebido em todo estado às propostas exequíveis apresentadas em prol de uma gestão oabeana ainda mais eficiente, inovadora e inclusiva, com o intuito de unir e atender toda a advocacia catarinense, sem distinção.

Nossa postura tem sido, desde o início da campanha eleitoral, de fazer uma campanha espontânea, propositiva e inclusiva, privilegiando uma nova forma de fazer política, para atrair jovens, mulheres, expoentes e experientes colegas para a gestão da OAB/SC.

Contudo, a chapa adversária, através de seus candidatos e apoiadores, em contrapartida, trazendo vícios da velha política partidária, inclusive com vídeos mega-produzidos e maquiados, de conteúdo demagógico, está a agredir pessoalmente quem deles diverge. 

Rejeitamos o debate eleitoral pautado por ofensas pessoais, pela desconstrução do adversário a partir de inverdades e distorções de fatos, pela disseminação de fake news - usando-se para tanto os famigerados “dark posts”, o compartilhamento anônimo de conteúdos falsos em aplicativos de conversa instantânea, como forma de, na véspera das eleições, criar dúvidas sobre a idoneidade dos candidatos que integram nossa Chapa 81 - ADVOCACIA UNIDA.

O ataque é a forma de atuação de quem não tem conteúdo. E não é desta forma que pretendemos apresentar nossa candidatura para prestar um serviço voluntário na OAB/SC neste momento tão importante para a advocacia catarinense.

Uma campanha difamatória, fomentada pelo ódio, não condiz com o comportamento que a advocacia catarinense espera daqueles que pretendem dirigir a instituição.

Nesta caminhada até o próximo dia 28 de novembro a Chapa 81 - ADVOCACIA UNIDA tem um propósito e com o qual nos comprometemos: elevar e qualificar ainda mais a advocacia catarinense através da apresentação de propostas que tragam efetivas melhorias para a profissão.

Estamos motivados por um debate construtivo, para apresentar nosso sonho de uma OAB/SC ainda mais eficiente, inovadora e inclusiva. E acreditamos que isso somente será possível se a ADVOCACIA estiver UNIDA em torno de boas ideias que valorizem nossa profissão.

Enfim, defendemos uma campanha limpa e propositiva, a traduzir nosso comprometimento, respeito e amor pela advocacia catarinense.

Pois o que se ama, se eleva, não se desconstrói.

Enviando Comentário Fechar :/