A conversa ainda incipiente envolve o PSL do Governador Carlos Moisés, o PDT do deputado Rodrigo Minotto, o DEM e o MDB
19/02/2020 13:19

O encaminhamento do vereador Júlio Kaminski, para ser pré-candidato a prefeito de Criciúma pelo PSL, envolve outras forças da cidade, em conversa ainda incipiente sobre a formação de uma chapa para enfrentar o prefeito Clésio Salvaro, do PSDB.

Estão no cenário o DEM, o PDT do deputado Rodrigo Minotto e o MDB, que deve confirmar hoje, em reunião do diretório, como pré-candidato a prefeito o médico Aníbal Dário.

A chapa teria além do apoio do Governador Carlos Moisés, o envolvimento de três deputados, Luiz Fernando Cardoso, o Vampiro e Ada de Luca, ambos do MDB e Rodrigo Minotto, do PDT, e pelo menos cem candidatos a vereador.

O discurso inicial é que o nome melhor avaliado nas pesquisas deve encabeçar a chapa.

Enviando Comentário Fechar :/