Há denúncia que pode estar havendo estocagem para lucrar com a crise sanitária. Deputada Carmen Zanotto , (FOTO) pediu transparência da parte das distribuidoras, e soluções do Ministério da Saúde para o problema de falta de medicamentos
25/06/2020 19:31

Durante reunião nesta semana da Comissão Externa de Ações contra o Coronavírus na Câmara dos Deputados entrou em pauta a falta de medicamentos necessários para para a sedação de pacientes de Covid-19 que precisam ser entubados  nas UTIs.

As denúncias levadas ao colegiado são de que, além de preço abusivos em algumas medicações em até 300%, pode estar havendo estocagem para lucrar com a crise sanitária provocada pelo novo coronavírus.

Durante o debate, a relatora da comissão, deputada Carmen Zanotto , do Cidadania de Santa Catarina, ao pedir  transparência da parte das distribuidoras de medicamentos, defendeu que o Ministério da Saúde busque com urgência uma solução conjunta para o problema.

O encaminhamento da reunião foi a formalização de convite a representantes das empresas distribuidoras de medicamentos para debater o assunto, que tem sido o principal problema que aflige as redes pública e privada de saúde neste momento de pandemia.

Na audiência com o Ministério Público e representantes do Ministério da Saúde e do setor da indústria farmacêutica, o colegiado deu prazo para que os fornecedores apresentem ao Ministério de Saúde seus estoques de medicamentos até a realização da reunião, que está  prevista para acontecer na próxima semana.

Enviando Comentário Fechar :/