Deputado é vaiado e chamado de traidor durante evento em Criciúma
O deputado estadual Ricardo Alba, ao ser anunciado no evento com a presença do deputado federal Eduardo Bolsonaro em Criciúma, recebeu vaias e foi chamado de "traidor" pela plateia que lotou o Teatro Elias Angeloni. Ele emitiu nota sobre o ocorrido
10/11/2019 17:39

O deputado estadual Ricardo Alba, ao ser anunciado no evento com a presença do deputado federal Eduardo Bolsonaro em Criciúma, recebeu vaias e foi chamado de "traidor" pela platéia que lotou o Teatro Elias Angeloni. Alba confirma o apoio incondicional e irrestrito ao presidnete Jair Bolsonaro mas em Santa Catarina mantém a sintonia com o Governador Carlos Moisés de Souza, do PSL. Os "bolsonaristas" do Estado no entanto, avaliam que o afastamento do Governador do presidente Jair Bolsonaro é " traição".

Após o ocorrido, Alba emitiu nota. Confira:

"Não sou a favor desta postura inquisitória de que quem é a favor de um, tem que estar contra o outro. A política precisa ser republicana, democrática, patriótica. O próprio presidente prega isto!
Sempre fui, sou e serei Bolsonaro porque nossas ideias se alinham, e nesse sentido tenho ajudado a construir uma Santa Catarina melhor para as pessoas.
Vejo o governador fazendo o mesmo, uma boa gestão, os números demonstram isso, e isso é bom para todos os catarinenses. Posso discordar de um ou outro ponto de vista, mas no geral é um governo que faz diferente e que está melhorando a vida das pessoas como o eleitor pedia. Todos os números do governo federal e do governo do estado estão melhores que os governos anteriores e as medidas para o desenvolvimento de Santa Catarina terão sempre o meu apoio, venham elas do Executivo ou do Legislativo".

 

Enviando Comentário Fechar :/