Felipe Estevão, que vinha mantendo certa sintonia com o governador, foi surpreendido com informação sobre a coordenação do partido na região da Amurel. A missão ficou com o Secretário Estadual de Articulação Nacional, Diego Goulart.
10/10/2019 07:46

Além dos deputados Jessé Lopes e Ana Campagnolo e mais recentemente Sargento Lima, todos do PSL, demonstrarem certo afastamento do Governador Carlos Moisés, o também deputado estadual Felipe Estevão, que vinha mantendo certa sintonia com o  governador, foi surpreendido com informação sobre a coordenação do partido na região da Amurel.

A missão ficou com o Secretário Estadual  de Articulação Nacional, Diego Goulart.

A informação é que Estevão, com domicílio eleitoral em Laguna, estaria se sentindo “traído e desprestigiado” já que há mais de um ano trabalha pela construção da legenda naquela região.

O deputado declara que não tem nada contra Diego Goulart mas gostaria de ter sido pelo menos consultado sobre o tema. Mais que isso, Felipe mantém-se “fiel a Bolsonaro”. Recado claro que segue o presidente em caso de saída do PSL e contribui com o desmonte da base de Moisés na Assembléia. 

Enviando Comentário Fechar :/