Atualmente somente os oficiais podem exercer essas funções. A justificativa do deputado é pela economia aos cofres públicos.
02/09/2019 09:46

Um dos expoentes da oposição ao governo Carlos Moisés, do PSL, o deputado estadual Ivan Naatz, do PV, resolveu mexer em um vespeiro. É dele a autoria de um projeto de lei que permite aos praças da Polícia e dos Bombeiros militares pilotar aeronaves.

Atualmente, somente os oficiais podem exercer essas funções. A justificativa do deputado é pela economia aos cofres públicos. Conforme levantamento feito pela assessoria de Naatz, entre 2011 e 2018, foram gastos R$ 1,4 milhão para a formação de oficiais e para a contratação de pilotos civis ou oficiais de outros Estados.

Enquanto isso, muitos praças estão devidamente habilitados para pilotar as aeronaves. Essa é uma reivindicação antiga da categoria. Estados como Goiás, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte já adotam essa prática.

Naatz denuncia que “muitos oficiais de fora de Santa Catarina vem treinar aqui e logo retornam ao seu Estado de origem, qualificados e com verbas pagas pelo contribuinte catarinense”. A matéria ingressa hoje na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia.

(Com foto de Fábio Queiroz/ Agência AL)

Enviando Comentário Fechar :/