06/05/2013 21:57

Rincão Refis para meio da página

 A dívida do Município de Criciúma, assunto corrente durante a campanha eleitoral em março, foi exposta  na sessão desta noite da Câmara de Vereadores do Município.

O secretário do Sistema Econômico, Cloir Dassoler mencionou que a dívida chega a R$ 170 milhões. .

O maior montante está no Tribunal de Justiça de Santa Catarina no valor de R$ 65 milhões, seguido do Banco do Brasil (Tesouro Nacional), que chega a R$ 59 milhões, e com o Instituto Municipal de Seguridade Social dos Servidores Públicos de Criciúma (CriciumaPrev), que está com R$ 21 milhões.

Segundo ele, são diversos contratos com o Banco do Brasil. “Estamos fazendo esse trabalho, de buscar esses recursos, para que possamos quitar, e ao invés de devermos R$ 59 milhões, vamos dever R$ 28 milhões, e com juros mais baixos”, disse.

Cloir acrescentou que os precatórios são pagos todos os meses. Ele também abordou os investimentos feitos pelo Governo Municipal, tanto na saúde, quanto na educação e outros, e lembrou que a meta é chegar a 2,5% ou 3% de economia no segundo semestre.

O Secretário compareceu ao Legislativo por meio de requerimento do vereador Dr Mello, do PT.

 (Com informações de Daniela Savi/Assessoria de Imprensa)

Enviando Comentário Fechar :/