Vereador de Içara presta depoimento neste momento à Polícia Federal e suplente de Criciúma agrada decisão do delegado sobre flagrante
07/10/2018 14:15

Um vereador de Içara e um suplente de vereador de Criciúma estão nesse momento detidos na sede da Polícia Federal em Criciúma, em razão de acusação de boca de urna nesta manhã.

O suplente Amaral Bittencourt tinha em seu carro material de propaganda do deputado Luiz Fernando Cardoso, o Vampiro, candidato à reeleição pelo MDB e do candidato a deputado federal Ricardo Guidi, do PSD.

"O delegado está analisando a situação para avaliar se trata ou não de flagrante mesmo porque a testemunha não confirma os fatos", disse há pouco o advogado Jefferson Monteiro, que cuida do caso.

Diante da informação sobre acusação de compra de votos, Monteiro confirmou que Amaral portava cerca de R$100,00, quantia de dinheiro pessoal.

O vereador preso com material de campanha do candidato à reeleição, Luiz Fernnado Cardoso, o  Vampiro é Pedro Mazzucheti, do MDB de Içara que nesse momento presta depoimento à Polícia Federal.

Enviando Comentário Fechar :/