Ex-governador antecipou que nas convenções marcadas para setembro Santa Catarina vai apoiar o nome da senadora Simone Tebet para a presidência do partido e avaliou também que o MDB não deve fazer parte do Governo de Carlos Moisés
14/07/2019 20:58

O ex-governador Eduardo Moreira, na entrevista que concedeu a Robson Lunardi, durante sua passagem por Orleans na última semana, afirmou que caso não haja mudança no comando nacional do MDB ele "não se sente confortável em permanecer no partido". Moreira avaliou que há necessidade de renovação e antecipou que o nome apoiado por Santa Catarina para a presidência nacional será o da senadora Simone Tebet. A convenção acontece em setembro.

"Nós em Santa Catarina temos 10% dos votos da convenção nacional e aqui todos vamos votar pela renovação. Se não houver mudança, eu não me sentirei confortável de ficar", avaliou. A entrevista foi publicada ontem em vídeo, nas redes sociais de Lunardi e aconteceu quando Moreira esteve em Orleans para receber o título de Cidadão Honorário.

O ex-governador falou também do Governo de Carlos Moisés, avaliou que ele é " um home de bem, com bom preparo intelectual e que a experiência política necessária para governar o Estado está adquirindo". Ao ser questionado sobre a possibilidade de o MDB contribuir com a experiência política, Moreira avaliou que o MDB não deve fazer parte do Governo de Carlos Moisés. Ele antecipou também que teria conversa com os deputados estaduais do partido e aproveitaria para expor sua opinião. 

Confira parte do video publicado no facebook de Robson Lunardi:

 

Enviando Comentário Fechar :/