A coordenadora da Pastoral Social, escreveu em rede social do prefeito de Morro da Fumaça que ele poderia contar com o apoio não somente da família dela mas também da Pastoral.
20/10/2020 10:05

Comentário feito ontem na Rede Social do prefeito Noi Coral, do PP, candidato à reeleição em Morro da Fumaça mexeu não somente com os bastidores políticos mas chegou até a Igreja Católica da cidade.

Isso porque, a coordenadora da Pastoral Social, escreveu que o candidato poderia contar com o apoio não somente da família dela mas também da Pastoral.  A atitude gerou certo desconforto e a pedido do Padre Itamar Mazzuco, da Paróquia da cidade, o comentário foi apagado. Ele deve conversar nesta tarde com a coordenadora para avaliar a situação.

“ A igreja sempre conscientiza as pessoas a votarem em um candidato que de fato esteja comprometido, principalmente com a vida. A vida de seu povo. Essa é nossa orientação. Infelizmente foi uma declaração particular dela, colocando a Pastoral Social também naquele comentário dela. O que posso dizer nesse momento é que a igreja não apóia nenhum candidato e nenhum vereador. Agora as pessoas que fazem parte da igreja, tem toda a liberdade e isso é um direito de todos, de ter um partido. Só que infelizmente, ela foi infeliz colocando a Pastoral Social também como apoiando esse candidato. Na verdade não é uma posição da igreja e que me deixou um pouco preocupado também. Recebi várias mensagens mas já solicitei que ela retirasse esse escrito e assim ela fez. A tarde vou conversar para ver o porquê dessa posição”, expôs o Padre ao ser contactado pelo site.

O site tentou contato com a coordenadora mas até a publicação da matéria ela ainda não havia se manifestado.

Enviando Comentário Fechar :/