Trata-se de incentivo mensal proveniente da Política Estadual de Incentivo à Contratualização hospitalar
09/04/2019 21:20

O atrasos no repasse para o Hospital São José, de Criciúma, foi questionado durante a coletiva de imprensa do Governador Carlos Moisés, do PSL, hoje em Florianópolis.

Em nota posterior, assessoria do governador informou não havia atraso mas depois, corrigiu, admitindo que entre os três repasses feitos ao hospital, um está em debito.  O pagamento foi autorizado ontem mesmo com previsão de normalização até quinta-feira.

Confira a nota na íntegra:

" A respeito do questionamento feito nesta terça-feira sobre atrasos nos repasses para o Hospital São José, de Criciúma, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) esclarece:
Atualmente o Governo do Estado realiza *três repasses para a instituição*:
*O primeiro* refere-se à produção ambulatorial e hospitalar. A SES confere os atendimentos realizados e libera os recursos provenientes do SUS. Este repasse está em dia.
*O segundo* é um convênio diretamente com os hospitais, que também está em dia.
*O terceiro* repasse se refere a um incentivo mensal proveniente da Política Estadual de Incentivo à Contratualização hospitalar cujo valor, ao contrário do que foi informado em nota anterior, está realmente em atraso.
A Secretaria lamenta o equivoco e informa que já autorizou o pagamento. Esta situação deve estar normalizada até quinta-feira (11/04).

Enviando Comentário Fechar :/