Se o governador, simbolicamente, queria causar impacto ou demonstrar concretamente que sua administração preza pela economia, o efeito não foi o esperado.

07/02/2019 08:55

Rincão Refis para meio da página

As contas feitas pelo deputado estadual Kennedy Nunes, do PSD, são apenas um exemplo do quanto a economia anunciada pelo poder público muitas vezes não corresponde à expectativa do contribuinte. Ainda mais para um governo que passa a impressão de ainda estar em campanha quando faz o discurso na Assembleia Legislativa focando em economia,  sem especificar como ela acontecerá.

Kennedy Nunes levou em consideração o preço do chipCard que o governador Carlos Moisés distribuiu aos 40 deputados logo após sua mensagem na Assembleia na última terça-feira.

Com "80 páginas armazenadas", o chip custou R$ 1600,00 enquanto se o mesmo número de folhas fosse de papel, o custo seria de R$64,35. Se o governador, simbolicamente, queria causar impacto ou demonstrar concretamente que sua administração preza pela economia, o efeito não foi o esperado.

Já há nos bastidores políticos comentários sobre um velho ditado que diz: "Ovelha não é para mato". O significado é que a lã vai se enrolando nos galhos, o que dificultaria sua sobrevivência.

O governo de Moisés aliás, precisa tirar a ovelha do mato, sob pena de além de engalhar a lã, cruzar com algum lobo...

Enviando Comentário Fechar :/