A partir do recebimento da denúncia, a Comissão Especial do impeachment tem prazo de cinco sessões ordinárias, para elaborar um parecer, que vai servir de base para um projeto de decreto legislativo, PDL, sobre o acatamento ou não da denúncia contra o governador, a vice e o secretário.
02/09/2020 17:54

O Presidente da Comissão Especial do Impeachment, deputado estadual João Amin, do PP, recebeu nesta tarde, do advogado Marcos Probst e do Subchefe da Casa Civil, Juliano Chiodelli, a defesa do governador Carlos Moisés e do secretário de Estado da Administração, Jorge Eduardo Tasca referente ao processo instalado na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. 

A advogada Ana Blasi entregou a defesa da vice-governadora Daniela Reinher, sem partido. 

A partir do recebimento da denúncia, a Comissão Especial do Impeachment tem  prazo de cinco sessões ordinárias, para elaborar um parecer, que vai servir de base para um projeto de decreto legislativo, PDL, sobre o acatamento ou não da denúncia contra o governador, a vice e o secretário.

CONFIRA NA ÍNTEGRA AS DEFESAS:

DEFESA GOVERNADOR MOISÉS

DEFESA VICE-GOVERNADORA DANIELA REINHER

DEFESA SECRETÁRIO TASCA

 

Enviando Comentário Fechar :/