Advogado emitiu nota oficializando que não defende mais interesses de Rogério Cizeski. Ele é filiado ao MDB e cogitado como candidato a prefeito no próximo ano
01/04/2019 08:37

A nota emitida ontem pelo advogado Jeferson Monteiro comunicando que não mais defende os interesses do empresário Rogério Cizeski, é considerada como o primeiro passo dele na construção de uma pré-candidatura para as eleições de 2020 em Criciúma.

O nome dele no cenário político para o próximo ano foi antecipado por esta coluna e provocou repercussão nos bastidores políticos. Ontem, Monteiro circulou no tradicional Café Bergamasco, no Rio Maina, com desenvoltura de quem pretende colocar o nome na disputa.

Ainda mais depois da declaração do deputado Luiz Fernando Cardoso, do MDB, na entrevista que concedeu à coluna no fim de semana afirmando que não é candidato a prefeito em 2020.

“ Se o MDB mantiver a porta aberta quero ser engrenagem da renovação”, reforçou Monteiro ontem ao ser questionado sobre a possibilidade de disputar a prefeitura de Criciúma pelo MDB em 2020.

 

Enviando Comentário Fechar :/