Deputado recebeu denúncias de supostas irregularidades que envolvem Vazamento do conteúdo da prova, erros de grafia, indícios de que o tema da redação tenha sido plagiado e anulação de questões sem o devido critério são alguns dos pontos levantados pelos candidatos.
05/09/2019 17:06

Deputado Estadual João Amin, do PP, abordou na Tribuna da Assembléia Legislativa o recebimento de denúncias em relação ao público da Polícia Militar de Santa Catarina para a contratação de mil soldados, inclusive um grupo de candidatos protocolou, no Ministério Público da Capital, mais um pedido de investigação sobre a prova.

Com o documento, já são mais de 100 solicitações de investigação do exame, realizado em 11 de agosto em 12 cidades catarinenses. João, Amin encaminhou pedido de informações ao Poder Executivo solicitando esclarecimentos acerca do assunto.

Vazamento do conteúdo da prova, erros de grafia, indícios de que o tema da redação tenha sido plagiado e anulação de questões sem o devido critério são alguns dos pontos levantados pelos candidatos.

 O deputado destacou os recorrentes problemas em concursos da PM de Santa Catarina. Lembrou que em 2017, o concurso para oficiais foi suspenso depois que o Ministério Público recebeu denúncia sobre vazamento do tema da redação.

 Segundo João Amin, “uma instituição do tamanho da Polícia Militar, referência para todo o Brasil, não pode colocar em dúvida um processo de seleção dessa magnitude”.

Enviando Comentário Fechar :/