Havia ameaça de protesto hoje por parte de familiares. A juíza Débora Zanini avalia como forma de pressão para soltura dos que estão em grupo de risco e calcula que seriam mil presos na rua.
11/07/2020 13:51

A juíza Débora Driwin Rieger Zanini. descartou qualquer possibilidade de liberação de presos do Presídio Santa Augusta em razão da pandemia de coronavírus. O número saltou de um na semana passada para 21 nesta, mas esquema especial foi montado para tratamento dentro da própria unidade prisional.

São três enfermeiros, dois técnicos de enfermagem, dois estagiários e um médico na equipe que atende aos 21 contaminados que estão em isolamento. “Estive ontem no presídio, entrei na ala onde eles estão, conversei com eles e está tudo bem, tudo sob controle. Se algum deles precisar de hospital será transferido mas por ora não há necessidade”, informou há pouco ao site.

A Juíza disse também que todos os detentos que chegam passam pelo setor de triagem. Ali são entrevistados e se apresentarem sintomas passam pelo teste.Mesmo que não apresentem sintomas permanecem por 14 dias  para depois serem liberados para o convívio com outros detentos.

Débora Zanini esteve também nesta manhã na Unidade Prisional onde havia a possibilidade de uma manifestação que envolvia também denúncias como banho frio. Ela explicou que houve um dia que aconteceu de a caldeira não funcionar em razão do frio que fez na semana mas o horário do banho foi modificado e o problema está resolvido.

Ela analisou ainda a movimentação como forma de pressão para liberar todos os presos que pertencem ao grupo de risco mas calcula que seriam pelo menos mil presos na rua e avalia que não há necessidade de soltura em massa.

“Toda essa movimentação de familiares me parece uma forma de forçar uma liberação em massa mas não tem a menor necessidade, inclusive não me parece nem justo soltar uma massa de presos em função da Covid-19. É uma desculpa na verdade. Então, estamos controlando a situação, agindo de forma transparente, justa, honesta, informando todas as entidades. Não estamos negligenciando a saúde dos presos, muito pelo contrário, eles tem uma equipe só pra eles e está tudo sob controle”. Finalizou.

 

Enviando Comentário Fechar :/