A presença do senador Jorginho Mello, do PL, em Criciúma para participar de evento com a presença do deputado federal Eduardo Bolsonaro é sintomática e pode colocar Júlia como candidata a prefeita pelo PL, apoiada pelos "bolsonaristas"
11/11/2019 08:59

A presença do senador Jorginho Mello, do PL, em Criciúma para participar de evento com a presença do deputado federal Eduardo Bolsonaro é sintomática. O próprio Jorginho, na entrevista que concedeu ao site há alguns dias enfatizou que a intenção é o PL ter candidato a prefeito e reforçou que ele está entre os mais fiéis ao presidente Jair Bolsonaro.

Na mesma linha de fidelidade seguiu o filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, ao se dirigir a Jorginho durante a palestra que proferiu no Teatro Elias Angeloni na noite de sexta-feira. Em meio as declarações, está o nome da advogada Júlia Zanatta, que é do PSL mas pode concorrer a prefeitura pelo PL e já teve conversa com o senador Jorginho Mello sobre o assunto.

No atual cenário, com a possibilidade de os municípios terem candidatos “do PSL”, que em Santa Catarina está nas mãos do Governador Moisés e do “Bolsonaro”, Júlia seria o nome apoiado pelos “bolsonaristas”, o que foi confirmado por Eduardo Bolsonaro na entrevista que ele concedeu ao site logo que pisou em solo criciumense, durante a vista ao clube 9mm.

Neste cenário, estão os integrantes do PL em Criciúma, a iniciar pelo também advogado Jefferson Monteiro, que já colocou o nome à disposição como pré-candidato e  Nicola Martins, que trabalha pré-candidatura a vereador e em sintonia com o prefeito Clésio Salvaro, candidato à reeleição pelo PSDB. Nicola é o presidente da Fundação Municipal de Esportes.

Se antes do evento com Eduardo Bolsonado Júlia Zanatta era pré-candidata a vereadora ou prefeita, depois, ela se declara pré-candidata a prefeita, embaralhando o cenário no próprio PL. “ Eu não quero mais pré-candidatura a vereadora.Eu quero pré-candidatura a prefeita”, enfatizou ontem ao site.

 

Enviando Comentário Fechar :/