O motivo é a inauguração do Parque Altair Guidi, apontado como obra inacabada e a colocação de placa que indicaria autopromoção pessoal.
09/07/2020 16:38

O Juiz Pedro Aujor Furtado Junior, da 2 Vara da Fazenda de Criciúma, recebeu a Ação Civil do Ministério Público, que acusa o prefeito Clésio Salvaro, do PSDB e o vice, Ricardo Fabris, do PSD, de Improbidade Administrativa. O motivo é a inauguração do Parque Altair Guidi, apontado como obra inacabada e a colocação de placa que indicaria autopromoção pessoal.

“ Embora os demandados tenham negado a prática, não trouxeram nos autos qualquer elemento de persuasão que pudesse demonstrar de maneira cabal sua inocência no fato que lhes é imputado na vestibular”, avalia o Magistrado em uma parte da decisão deferida nesta tarde.

Além de receber a Ação Civil Pública, que agora passa a tramitar , Pedro Aujor deferiu em parte o pedido de Liminar para que o município de Criciúma de imediato retire a placa bem como se abstenha de instalar novas placas nominando agentes públicos.

CONFIRA AQUI A DECISÃO NA ÍNTEGRA

Enviando Comentário Fechar :/